Entrevista com Orson Peter Carrara

Domingo, 25 Novembro 2018 17:28

No mês de agosto o livro Tensão Emocional de Orson Peter Carrara faz parte do Clube do Livro Emmanuel. Já na sua terceira edição ou livro tem feito grande sucesso devido a um tema tão atual nos dias de hoje.

Orson que é palestrante, escritor, articulista e editor de livros espíritas, que contêm pouco sobre seus livros, seu trabalho de divulgação de Doutrina Espírita, e seus projetos atuais.

1 - S eu livro A tensão emocional está sendo publicada na sua terceira edição. A que você credita o sucesso deste livro?
Creio que o título chama muita atenção, por ser tema do cotidiano humano, especialmente enfrentando intensos desafios da atualidade. Mas considere o conteúdo brilhante da mensagem de Emmanuel que inspirou o livro.

2 - Como surgiu a ideia de escrever o livro Tensão Emocional?
A mensagem de Emmanuel é muito valiosa, expressiva. Atender ao grande anseio de paz do ser humano. Quando me deparei com o conteúdo entusiasmei-me de imediato. E o livro fluiu com naturalidade. Fique pensando em quanto a mensagem pode ajudar muitas pessoas. Daí surgiu o livro.

3 - Qual a importância deste livro nos momentos turbulentos que o povo brasileiro tem vivido?
Sua importância não é um recurso de paz e serenidade que oferece ao coração humano, que debate debates e aflições e angústias de origem variada. Interessante que a mensagem tem grande utilidade tanto para o campo individual quanto para a coletividade nacional.

 4 - Por que a violência e a corrupção crescem a cada dia?
Porque ainda somos muito imaturos e trazemos nenhum comportamento como marcas das imperfeições morais. Elas também são geradoras de corrupção.

 

5 - Mesmo diante de tantos conflitos, o Brasil ainda pode ser um dia no Coração do Mundo, Pátria do Evangelho, como o Humberto de Campos?
O país já é. Daqui irradia como luzes intensas do Evangelho do Cristo. Aqui está o índice pacífico do seu povo e aqui está o acolhimento da fraternidade. Os desafios internos do país apenas precisam de um intenso trabalho interno e em favor de outros, o que já indica uma fraternidade.

6 - Não conte um pouco sobre o programa Prossiga, que você apresenta na TV Mundo Maior.
O programa surgiu por força da frase normalmente proferida no final das minhas palestras (que é o título do programa), concluindo o público a uma investigação de bem-estar, a confiança em Deus e a alegria de viver. Com seu perfil de poucos minutos, a ideia foi oferecer componentes de estímulo aos telespectadores. Felizmente, o programa tem grande repercussão, com perdas de gravação gravadas e disponíveis na rede.

7 - Como você já publicou livros? E por qual de seus livros você tem um carinho especial?
São 17 publicados, 1 no programa e 1 em andamento (ago / 16). Tenho carinho muito especial pelo DOIS GIGANTES DO ESPIRITISMO (face à gratidão de Yvonne e Schutel), pelo A ALMA DO ESPIRITISMO (que considere o meu melhor trabalho, pela pesquisa que solicita) e pelo ONTEM E HOJE SEMPRE ATUAL COM KARDEC, pela pesquisa na Revista Espírita.

8 - Quais os projetos que você está atualmente envolvido?
Especialmente nas atividades de divulgação pelo Instituto Cairbar Schutel (que realiza o EAC - Encontro Anual Cairbar Schutel e edição do jornal Tribuna do Espiritismo, de distribuição gratuita nacional), com uma assessoria editorial do IDE - Instituto de Difusão Espírita de Araras-SP e com o projeto de livros que continua.

9 - V é um entusiasta expositor espiritual que também ministra palestras para o público não espírita. Como tem sido esta experiência?
Muito importante porque permite ampla interação e divulgação de idéias específicas, sem usar os termos específicos especificados. Há grande aceitação das idéias, ainda que sem os termos especificados, com interesse geral.

10 - C omo expositor espírita você percorreu todo o Brasil na tarefa de divulgação espírita. Como o espírito tem lidado com os momentos difíceis por qual passa nosso pais?
Sendo o espírito de uma pessoa humana, traz em seu perfil psicológico as marcas de seu estágio de entendimento e maturidade psico-emocional. Portanto, há posturas pessimistas e posturas de confiança e hereditariedade do trabalho, com otimismo. Na maioria, todavia, o enfrentamento é com perseverança e hereditariedade. Poucos são os casos daqueles que desistem e se paralisam.

11 - Deixe uma mensagem para os leitores do nosso site.
Minha mensagem é otimismo, confiança em Deus, alegria de viver, perseverança no bem. Prossigamos trabalhando! Pelo menos por gratidão Desejo convidar ou leitor a visitar os portais abaixo:

www.institutocairbarschutel.org

www.tribunadoespiritismo.org

orsonpetercarrara.blogspot.com

 

Por> Rita Ramos Cordeiro