special promos

special promos

special promos

special promos

Entrevista com Dr. Alexandre Perez

Domingo, 25 Novembro 2018 17:27

Por: Rita Ramos Cordeiro 

“Somente educando-nos enquanto procuramos respostas para a Vida Poderemos retribuir a Deus esta santa oportunidade de emancipar nossos espíritos para uma maior perfeição relativa.”

Dr. Alexandre Eduardo Wilches Ugolini Ferrazoli Perez, autor do livro Desafios de Sexualidade, que faz parte do Clube do Livro Espírita Emmanuel no mês de novembro, é natural de Ourinhos e reside atualmente em Marília, interior de São Paulo, com sua esposa Margarida e seu filho Alexandre, de 10 anos.

É formado em medicina desde 1996 com atuação em clínica geral e homeopatia.

Dr. Alexandre é especialista há 27 anos e atualmente participa da cooperação dos serviços de psicofluidoterapia, educação médica e educação permanente e continuada da Comunidade Espírita Eurípedes Barsanulfo, além de fazer parte do Conselho Fiscal da Entidade.

Acompanhe nossa entrevista do Dr. Alexandre Perez, concedida ao site do Instituto Beneficente Chico Xavier da cidade de Itu.    

1-  O que é psicofluidoterapia?
É uma junção de psicoterapia e fluidoterapia espírita, somadas numa abordagem mais completa dos problemas humanos. Reúne os últimos avanços em todas as ciências de seu interesse, ampliadas pelo paradigma espiritual, ou qual reforma e comprometimento. É uma especialidade muito abrangente da chamada medicina espiritual, e por vezes são usadas sinônimos. São seus interesses nos campos da física, química, biologia e ciências da saúde, mais específicos nos campos da teoria corpuscular, da teoria dos campos, interações entre materiais e energia, Forças, química, biológica e orgânica, biologia molecular e evolucionista, fisiologia, anatomia, embriogênese, psicologia, medicina e muitas outras linhas de conhecimento que são necessárias.

 

2-  Em quais casos é indicado uma psicofluidoterapia?
Uma psicofluidoterapia especial pode ser aplicada em todos os casos em que problemas relacionados ao sofrimento, ao sofrimento, à ignorância, aos vícios, etc, podem estar provocando síndromes de desajuste ou desconforto, em qualquer parte da nossa estrutura psicológica-física-física. Seu objetivo, nesses casos, não é apenas diagnosticar sindromicamente ou patologicamente, mas principalmente informar o paciente do seu estado, sua participação no processo de origem do sofrimento e emancipar o seu espírito a fim de que possa por si mesmo atingir a "cura" em meio ao seu processo educativo. Portanto, além do lenitivo e socorro, uma psicofluidoterapia é um instrumento educacional do espírito, muito além do simples "curar".

3-  Como surgiu a ideia de escrever “Desafios da Sexualidade”?
Em nossa prática de atendimento psicológico e psicofluidoterápico, houve momentos em que muitas orientações giravam no torno do exercício da sexualidade e suas conseqüências. Um fim de instruir coletivamente ou o meio espiritual da nossa região, organizar alguns seminários intitulados “Desafios da Sexualidade”, que obterá muita participação dos irmãos espíritas. Por sugestão de nosso amigo e irmão Donizete Pinheiro, resolva ampliar os conceitos estudados e organizá-los em forma de obra literária.

4-  Em seu livro Desafios da sexualidade ou o senhor usa muito a palavra libido. Pode definir o que é libido?
Libido, segundo nossas concepções, é um termo muito mais amplo do que atualmente se concebe. Para ser mais objetivo, como a libido é um impulso muito forte, ocasionado pela influência do conjunto de leis Divinas que regem a conservação, o aperfeiçoamento e a evolução do Princípio Inteligente e do Espírito. Ela se manifesta de diversas formas nos diferentes estados e estados da Criação Divina. Em muitos seres da Terra, ela pode reverter a sexualidade para alcançar seus objetivos, embora ela mesma não seja apenas uma sexualidade.

5-  O que você quer dizer Sublimação da libido?
Sublimar a Libido é permitir que todas as nuances da sua influência apareçam em nossas vidas, com todos os desdobramentos possíveis. Assim, por exemplo, uma necessidade de conservação da espécie que leva ao relacionamento sexual, que leva ao papel, que leva aos cuidados com o próximo, que leva ao combate do próprio egoísmo, que leva às regras sociais, que leva à cidadania, que leva a uma sociedade moralizada, etc, etc, assim por diante, com vários outros desdobramentos.

6- O  que é distonia transitória de polaridades sexuais e o que ocorre quando os espíritos não são reativados com esta distonia?
A Distonia Transitória de Polaridades Sexuais é apenas a reencarnação temporária de um espírito cujo sexo é sexualmente polarizado de um modo (por exemplo, masculino), em um corpo cuja genética é polarizada de outro modo (por exemplo, feminino). Naturalmente, quando os espíritos reencarnam sem esta distonia de polaridades, acabam por se adaptar muito bem ao seu corpo físico. Mas, ao contrário, sentir e manifestar diversos sintomas e sinais de que esta distonia está presente. Homossexualidade ou homoafetividade são apenas alguns desses sinais e sintomas.

7-  A sexualidade ainda é um tema político nos dias atuais. O senhor encontrou algum preconceito após publicar o livro?
Acho que ainda é cedo para dizer que não, muito embora, até o momento não tenha encontrado nenhum obstáculo nesse sentido, muito pelo contrário, já que nossos objetivos foram acolhidos e incluem todos os conflitos e sofrimento nesta área. Tenho certeza de que as opiniões divergentes surgirão, é claro. Mas, da mesma forma que procuramos respeitar todas as opiniões, esperamos ou respeitamos a nossa própria.

8-  Por que a sexualidade ainda é tabu nos dias atuais?
Penso que a ignorância deve ser o principal motivo, que nos faz adotar valores muito egocentrados e heterogêneos. Com isso, tendemos a julgar e rotacionar práticas de maneira muito liberal ou muito conservadora, sem outras maneiras de analisar os que não são nosso próprio ponto de vista. Neste caso, Doutrina Espírita é impar, oferecendo um parâmetro muito amplo e moralmente amadurecido.

9-  Por que as pessoas têm tanta dificuldade em lidar com a própria sexualidade?
Provavelmente porque ainda é considerado como manifestação de "baixeza" dos instintos humanos. Valores que são herdados de séculos de preconceitos e punições de variáveis ​​matizes. Atualmente, Doutrina Espírita fornece as condições de avaliação da libido e o exercício da sexualidade como parte integrante das propostas evolutivas das Leis Divinas. As noções de sublimação da libido já estão muito mais amadurecidas e envolvem apresentações muito mais emancipadas do que simplesmente deixar de exercer sua sexualidade ou "desviar-se" para outras práticas. Estamos aprendendo a considerar a sexualidade e a libido como instrumentos de alegria e felicidade dentro da proposta cristã de desenvolvimento espiritual, ou o que abre acesso a um novo entendimento e elimina a ignorância e o medo do respeito ao tema.

10-   Qual é a participação dos pais na educação sexual dos filhos?
Essencial. Existe uma ética, ou "etiqueta" para a educação sexual dos filhos, que, na verdade, ajuda muito na educação dos pais. Uma das mais importantes é aquela que nos lembra que “para educar, é preciso educar”, pois ninguém dá ou não possui. Quando os pais descobrem ou exercitam-se espiritualmente ampliados da libido e seu verdadeiro papel diante das Leis Divinas, podem direcionar nunca antes experimentados pelos jovens, ajudando-os a escolher melhor e experimentar melhor suas experiências.

11-  Como deve ser o relacionamento entre pais e filhos sem tocar na sexualidade?
O mais honesto possível. Pais tendem a pensar que seus filhos não podem acessar as informações que tentam esconder. Ledo engano. Não é apenas possível acessar, como também como encontrar possíveis distorções, valores, nem sempre equilibrados, de quem é enviado. Cometa ou erro de acreditar que ainda é incapaz de agir e pensar efetivamente neste campo, por isso atrasamos como informações que eram mais importantes. Sem informação adequada, suficiente e qualificado nossos filhos agem empiricamente, enfrentando consequências nem sempre benéficas.

12-  Quais são os perigos da promiscuidade e onde ela começou?
Os perigos mais comuns são os vínculos que ela ocasiona com personalidades que influenciam dois planos de vida, e a alteração sofismática dos valores éticos mais sádicos, na propaganda enganosa de quem ou direito a sensações deve ser ilimitado. Uma promoção pode ser iniciada muito precocemente, desde que nossos filhos passem pela puberdade e sofram uma estimulação física aumentada pela influência hormonal. No entanto, aceitar os limites de uma experiência sexual sadia pode ser muito difícil para quem é exposto a estímulos contrários diários. Recomendamos que conscientize nossos filhos que não são os únicos que podem ocorrer de forma errada, mas principalmente os que podem ganhar de maneira correta, e os que podem deixar de ganhar se escolherem os caminhos equivocados,

13- O  tema homossexualidade tem sofrido muitas polêmicas na sociedade. Qual é a definição correta de homossexualidade?
É o relacionamento de caráter sexual entre indivíduos do mesmo sexo. A homoafetividade é um conceito mais amplo, que engloba ou afeta o vínculo verdadeiro, esperados entre casais estáveis, por exemplo. Não pode ser confundido com um geral entre os mesmos sexo, como entre amigos, pais e filhos, etc, porque não possui caracteres vinculativos íntimos ou exclusivos como em um relacionamento fechado. As definições ainda estão bastante definidas, pois esses assuntos estão sendo discutidos e compreendidos.

14-  Por que tanto preconceito com sexualidade alheia?
Por medo de que os hábitos também possam influenciar os hábitos já identificados ou modificar as realidades de entes queridos. E por aí afora ... Mas, se uma sexualidade for sempre esclarecida e embasada em assuntos honestos e amadurecidos, dificilmente teremos motivos para esses temores.

15-  Quais são seus projetos literários para o futuro?
Não ambiciona uma grande produção literária, mas sim, algo que realmente possa contribuir para o entendimento coletivo e para o estabelecimento de Doutrina Espírita. Atualmente, estamos trabalhando na compilação e pesquisa de métodos para educação e desenvolvimento médico, já que grandes mudanças acontecem nas especialidades médicas, nas finalidades da mediunidade, nas visualizações dos médicos, nas noções de mediação e no serviço médico. Grandes progressos aparecem no campo do conhecimento sobre uma estrutura psíquica humana que pode contribuir muito para o entendimento dos vínculos médicos, dos processos anormais necessários e desnecessários, que aumentam a qualidade do produto médico não porvir. Acho que atualmente estamos apresentando menos empíricas e mais resultados em pesquisa real, em perdas, em fatos melhores estudados. Mas meu campo preferido é sempre a medicina espiritual, que pesa cerca de 25 anos. Centenas de dados foram colhidos ao longo desses anos, e seriamente necessário um trabalho gigantesco para transformar as obras literárias. Veremos se meu período reencarnatório autorizado ...

16-  O senhor também atua como palestrante em outras cidades? Como as Casas Espíritas devem fazer contato-lo?
Sim, tenho participado de vários encontros, palestras, simpósios e seminários, dando preferência para a região de Marília, por questões de logística. Meu e-mail é  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. .

17 -  Agradecemos sua disponibilidade em atender e pedir que deixe uma mensagem para os leitores do nosso site.
Querido companheiro da Terra, quanto somos felizes por poder compartilhar conhecimento trazido à luz pela Doutrina dos Espíritos! Saibamos tratou com respeito e amor, como quem possui o sustento de sua vida, mesmo entre dúvidas e inconstâncias, pois representa nosso porto seguro no mundo. O questionamento sadio por todos os escaninhos de suas páginas e mensagens é nosso dever e prazer. Não poderemos ficar na posição de quem recebe, esperando ser abençoado pela consciência tranquila! Somente educando-nos enquanto procuramos respostas para a Vida poderemos retribuir a Deus esta santa oportunidade de emancipar nossos espíritos para uma maior perfeição relativa. Alegria, pois! Que somos aqueles que já não respiramos mais ou causamos o vapor da desesperança.

 

Informativo

CAPTCHA

 

Bem vindo ao nosso clube



Livro do mês, clique aqui para ver mais :)

advertising

Últimas

Missão

O Clube do Livro Espírita Emmanuel foi criado em fevereiro de 2012 e faz parte integrante do Instituto Chico Xavier da cidade de Itu – SP, tendo como objetivo a divulgação da Doutrina Espírita, codificada por Allan Kardec, levando ao leitor, leituras edificantes que trazem  consolo e conhecimento.

www.institutochicoxavier.com 

Métodos de pagamento